Estudos sobre o corpo

junho 24, 2018

Se o meu corpo é espaço: galáxias, estrelas

períneo: big bang ressoando nos ossos

uma via láctea de glóbulos brancos

um buraco negro no centro do peito

com as pontas dos dedos cheias de canetas bic

ela era toda outono

verde marrom

em uma virgem ascendente

um banho de chuva escancarado.

Gosto do jeito que os cabelos lhe cobriam as orelhas

porque ela faz frio.

Ela me deu um sextante de presente

para que eu possa olhar as estrelas de fora

e encontrar meus caminhos

mas dentro de mim o universo permanece

desorganizado.

Anúncios