Deslocamentos

dezembro 27, 2017

19/04/16

Quantas frases se escondem atrás de uma sentença encerrada em si mesma? Dizemos “espero que seus dias tenham sido bons” querendo pedir que nos contem em detalhes o passar das horas e das semanas, que nisso haja qualquer coisa que possa ser tomada pelo estado de espírito de quem nos responde e que haja ali qualquer brecha para prosseguir diálogo. Ao invés disso, escrevo uma carta imaginária enquanto espero no terminal de ônibus. Cheia de sentenças esperançosas, supostamente despretensiosas, que nunca alcançarão destinatário. O ônibus parte. Encerro.

 

07/08/17

Eu só sou livre quando estou partindo. Queria estar olhando as terras lá embaixo e escrevendo uma carta para alguém que ficou. Ou que partiu antes de mim. Mas tenho medo. Tenho medo da linha do horizonte e de não ter conexão com o chão. Eu tenho o nodo norte em touro, a raiz é minha ambivalência. Ou talvez seja o contrário. Eu gosto de frases que  adquirem outros sentidos na inversão. Todas as coisas poderiam ser outras.

Só o milagre moderno permite a imagem de uma nuvem

navegando um rio.

(deus refaz, eu refio)

Anúncios