Origami

julho 29, 2012

[para a menina bonita que tinha mania de dar dobraduras em mesas de bar] 

 

Ela me deu seu Coração

que eu guardei num Porta-Moedas

Tesouro disfarçado, travestido

de centavos sem importância,

para que estivesse sempre comigo e

Pulsasse em mim algo de quente e

Caloroso nas tardes chuvosas.

Ela me deu seu Coração

que eu guardei num Porta-Moedas.

não sei bem onde foi

entre um ônibus e outro

na pressa do cotidiano

que o perdi.

quem sabe Derretido numa Poça d’água.

comprei outro Porta-Moedas

quem sabe não guarde um dia

entre moedas de pouco valor

aquele Coração

fresco como folha

de papel

em branco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: