Dia de Los Muertos

novembro 22, 2010

Estar com você foi a coisa que mais me massacrou nos último anos. Ainda massacra. Eu ainda posso ouvir, sabe? Eles nunca me deixaram realmente, os cavalos que relincham no alto da colina nas noites de tempestade, azuis como os relâmpagos, com as bocas cheias de dentes, rindo. Eles dançam nas noites de tempestade e só nos resta esperar em silêncio, no escuro.

Anúncios

3 Respostas to “Dia de Los Muertos”

  1. Mari said

    Fantasmas?!?! ai ai, fantasmas…

  2. patricianardelli said

    Eles estão sempre lá. Mesmo quando não estão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: