As coisas que vão

agosto 20, 2009

As coisas que vão,

Aquele sentimento de

i-d-e-n-t-i-d-a-d-e

Que às vezes se encontra

em alguém que se ama.

Como se fosse possível

por algum momento

amar a si mesmo,

o outro rosto no espelho

o outro rosto no espelho

quando não é espelho

quando tem outra vida

quando. É mais fácil.

As coisas que vão

Nós vamos com elas

E em algum medida

Nós nunca retornamos.

Anúncios

5 Respostas to “As coisas que vão”

  1. Marcelo said

    Voltou lá no blogspot.com

    O velho endereço de sempre: http://burguesia.blogspot.com ^^

    *

    Essas coisas que vão que nos motivam a viver: as que ficam nos obrigam a buscar essas passageiras.

    Vida, vida, coisa besta.

  2. angelica said

    eu gosto muito quando vc escreve versos.
    tentei comentar o post antipornografia e não consegui. a palavra é bloqueada aqui no computador do trabalho. haha
    seriam comentários vários, do tipo quando conversamos sobre isso na mesa de bar.

    :*

  3. patricianardelli said

    Onn, eu não costumo ter muita criatividade para versos, na verdade sempre acho eles meio infantis hehe
    Surreal o computador do trabalho boicotando comentários, hein? hahaha
    A gente podia marcar aquela cerveja de mil anos que não saiu ainda, né?
    =*

  4. gasparoid said

    “Como se fosse possível amar a si mesmo” é massa =)

  5. patricianardelli said

    =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: