Dilema

agosto 31, 2009

O que eu posso fazer, meu amor, se você se desencontra de mim?

Anúncios

As coisas que vão

agosto 20, 2009

As coisas que vão,

Aquele sentimento de

i-d-e-n-t-i-d-a-d-e

Que às vezes se encontra

em alguém que se ama.

Como se fosse possível

por algum momento

amar a si mesmo,

o outro rosto no espelho

o outro rosto no espelho

quando não é espelho

quando tem outra vida

quando. É mais fácil.

As coisas que vão

Nós vamos com elas

E em algum medida

Nós nunca retornamos.

Antipornografia

agosto 5, 2009

Eu queria saber com quem você se deita quando se deita comigo. Eu queria saber quanto anos ela tem, se seus olhos são verdes, saber o que ela veste ou não. Se é magra, gorda, a cor dos cabelos. Se ela tem um nome. Queria saber o quão diferente ela é de mim, se até eu iria preferir me deitar com ela. É da minha natureza, ter quase sempre me deitado com as pessoas tal como elas me pareciam. Eu não entendo o aprisionamento imagético das formas, das fantasias. Eu falo a língua do tato, eu falo a língua do agora. Eu curto a realidade na minha cama, nua e crua.